Saiba como coletar e enviar amostras de peixes doentes para diagnóstico

Em algumas situações, o piscicultor se depara com  lotes de peixes que apresentam problemas de saúde e  mortandade. Nessas situações o diagnóstico deve ser rápido e preciso,  para que o tratamento das enfermidades possa alcançar resultados positivos, evitando assim, prejuízos econômicos ao produtor.

Muitas vezes, a análise do problema não é realizada na propriedade e se faz necessário enviar alguns peixes doentes à laboratórios de diagnóstico ou mesmo para técnicos especializados em outras empresas ou localidades.  Por isso,  é importante ter algumas noções básicas sobre a captura e transporte destas amostras.

Pensando nisso, a Embrapa Agropecuária Oeste (Ishikawa, M. et al)  através do projeto Aquabrasil, lançou um folder com orientações básicas à respeito de como coletar e enviar seus peixes, mantendo as características principais das enfermidades para análise.

Além disso, o folder sugere que o envio seja acompanhado de  algumas informações adicionais, para ajudar na análise do problema.  Fique atento à todas estas orientações.

Você pode fazer uma leitura no folder diretamente no Issu.com ou ainda fazer o download em pdf  clicando aqui.

Leave a comment for: "Saiba como coletar e enviar amostras de peixes doentes para diagnóstico"

Navegue por palavra-chave